sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Hoje: CineClub do IF apresenta: A História do N.W.A.

Nesta sexta(21) logo mais às 18:30h no Espaço Nordeste de Cultura, acontece mais uma edição do projeto CineClub do IFPB Campus Princesa Isabel. Segundo a Coordenadora do Projeto, Taís Morais, o CineClub do IF iniciou em abril e já exibiu 10 filmes que foram divididos em ciclos, com destaques para as temáticas: Mulher, Sertão e Música. Hoje na 10ª edição, ainda na temática de música, o filme a ser exibido será " A História do N.W.A.". Um filme polêmico, com a classificação de 16 anos, que fala sobre cinco jovens que usam suas experiências pessoais na produção de músicas honestas, rebeldes, diferentes e totalmente contra o sistema. Surge o N.W.A. (Niggaz Wit Attitudes), que dá voz a uma geração e promove a explosão do gangsta rap. Após o filme, acontece um momento de debates com discussões sobre o filma com a participação dos professores do IFPB.
Para Taís, o projeto CINECLUB do IF tem cumprido seu objetivo que é trazer uma opção de lazer aos princesenses como também levantar questões de interesse da comunidade, sobre um conjunto de temáticas que afetam o cotidiano. "Estamos satisfeitos com o resultado.Temos alcançado um bom público a cada exibição, pois já são 250 expectadores ao longo das dez seções." Frisou.
A Coordenadora do Projeto e Professora do IF, Taís Morais, disse que em 2017 o projeto pretende alcançar as comunidades escolares. Atualmente a Escola Municipal na comunidade Cabeça do Porco também recebe o projeto para estudantes e toda a rede escolar,em parceria com as irmãs Carmelitas.
Hoje às 18:30 haverá a exibição do filme "A Historia do N.W.A." no Espaço Nordeste. Entrada gratuita!
SOBRE O FILME
C
inco jovens usam suas experiências pessoais na produção de músicas honestas, rebeldes, diferentes e totalmente contra o sistema. Surge o N.W.A. (Niggaz Wit Attitudes), que dá voz a uma geração e promove a explosão do gangsta rap. Uma das grandes surpresas de bilheteria do ano, Straight Outta Compton - A História do N.W.A. faturou US$ 160 milhões apenas nos Estados Unidos, um valor considerável para uma produção orçada em US$ 28 milhões. Agora, o filme chega aos cinemas brasileiros deixando uma questão principal: será que uma história tão americana, sobre um movimento bem específico da cultura musical nos EUA, sairá bem nas bilheterias do Brasil? É difícil imaginar que irá repetir números tão bons (proporcionalmente, é claro), mas uma coisa é certa: o filme tem seu valor. Mesmo contando com problemas de ritmo e desenvolvimento, culpa dos 147 minutos de duração, o longa consegue despertar interesse em quem não gosta do estilo musical ou não está familiarizado com o grupo. A trama, como o longo título nacional deixa claro, gira em torno do nascimento, ascensão e queda do N.W.A.
SB

Reações:

0 comentários: