terça-feira, 8 de novembro de 2016

Opinião :Sobre Intolerância religiosa...

A intolerância religiosa sem dúvida é um tema atual e representa, certamente, um dos problemas mais delicados em nossa sociedade onde o fanatismo religioso, conduz umas a realizarem, contra as outras, verdadeiras guerras, em nome, supostamente, de sua religião, como se fosse possível estabelecer, com isso, qual a religião "estaria com a razão". Tantos fanáticos que idolatram as paredes de suas igrejas e na verdade esquecem de viver a palavra de Deus. São poucos os “crentes” que praticam a caridade e o respeito aos outros. Antes de julgarem o texto, há exceções. E sobre julgamentos, é esse o maior defeito da humanidade, andam julgando demais.
A falta de bom senso e de respeito mínimo à diversidade fortaleceu as situações de caos e violência vistas em todo canto do mundo, inclusive em nossa cidade.
Falta tolerância para os que opinam e se comportam diferente de você. Eu tenho minhas convicções sobre a bíblia e minha idéia de religião, mas quando falei que vivia com base em princípios bíblicos veio longo um bando de ignorantes desrespeitarem a minha posição. Tudo bem, eles não sabem agir com respeito. Já imaginou essas pessoas pegando um tema como esse na redação do Enem. Como sugerir respeito se não sabem o que cabe a esta palavra.
Vivemos em um mundo cheio de divergências e intolerâncias que levam ao inconformismo quando outra pessoa se mostra com posição contraria a sua, ofendendo a liberdade fundamental de cada pessoa.A Constituição da República Federativa do Brasil, em seu art. 5º, inciso VI, preceitua que é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias.
Ninguém poderá ser submetido a medidas coercitivas que possam restringir sua liberdade de ter ou de adotar uma religião ou crença de sua escolha.Aperfeiçoar a tolerância às diferenças é indispensável no regime democrático. Se o mundo precisa de paz e harmonia precisamos praticar o respeito a qualquer escolha que seja.
Os discursos de que precisamos de uma sociedade livre, justa e solidária precisa sair do papel e ser colocado em prática. Precisamos, todos, igrejas e pessoas, combater tais atos de intolerância e aprender a respeitar a maior criação de Deus, O HOMEM, independentemente de sua crença religiosa.
SB

Reações:

0 comentários: