quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

João Henrique renúncia da vice presidência e deixa caminho livre para Tião Gomes comandar ALPB

O deputado estadual João Henrique, protocolou, nesta quarta-feira (21), a renúncia do cargo de primeiro vice presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba, confirmando o acordo para que o deputado estadual Tião Gomes, do PSL, assuma a presidência do poder legislativo durante o recesso parlamentar. A informação foi confirmada pelo secretário legislativo da Assembleia Legislativa da Paraíba, Whashington Rocha.
“O que eu posso dizer é que foi protocolado um documento, e nesse documento o deputado João Henrique, atual primeiro vice presidente da ALPB, informa da impossibilidade de continuar no exercício dessa função, que, portanto apresentaria essa renúncia, portanto, posso dizer que foi protocolado efetivamente esse requerimento por parte do gabinete do parlamentar”, disse.
Rocha disse ainda que recebeu a informação da renúncia através da assessoria. Embora haja recesso parlamentar, a secretaria legislativa, nesse período de recesso, trabalha em regime de plantão, o que proporcionou a viabilidade do recebimento do pedido.
“O pedido de renúncia da função de vice presidente foi entregue por um assessor do parlamentar, mas antes eu preciso confirmar com o deputado o teor do documento, para só assim formalizar o processo administrativo, que será remetido para despacho do presidente da Mesa”, explicou.
Conforme o secretário, o requerimento a ser formalizado ainda não tem data prevista para publicação. “Após ser despachado pelo presidente o documento será publicado no Diário do Poder Legislativo, mas não tenho como precisar quando isso vai aconntecer”, ressaltou.
No início dessa semana a reportagem do PB Agora trouxe a informação sobre a articulação que vai alçar o deputado Tião Gomes (PSL) ao comando da Assembleia Legislativa da Paraíba durante o mês de janeiro.
Gomes deve e deve permanecer à frente do comando da Casa até o dia 31 de janeiro. Galdino, atual presidente, e João Henrique (vice presidente) teriam se comprometido a renunciar ao cargo nesse final de mandato, justamente para contemplar Tião Gomes.
A articulação dará ao parlamentar o direito de se aposentar, ao término do mandato, com gratificações extras nos proventos.
Na linha sucessória, Tião Gomes é o segundo vice-presidente da Casa de Epitácio Pessoa.

Reações:

0 comentários: