quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Transposição está mais de 90% concluída e recebe comitiva ministerial na PB

O Ministério Público da Paraíba realizou mais uma reunião técnica do ‘Comitê de Gestão da Crise Hídrica na Paraíba’ para avaliar o cumprimento do cronograma de execução das obras complementares da transposição do Rio São Francisco – Eixo Leste nos municípios que deverão receber as águas da transposição.
O encontro, que avaliou que a Transposição está mais de 90% concluída, ocorreu na manhã desta terça-feira (17), em Monteiro, no Cariri, a 305 km de João Pessoa, cidade que recebe nesta quarta-feira (18) uma comitiva do Ministério da Integração Nacional.
O MPPB está acompanhando o cronograma de execução das obras complementares da transposição das águas do Rio São Francisco desde o final do mês de outubro do ano passado, depois da primeira reunião técnica do ‘Comitê de Gestão da Crise Hídrica na Paraíba’, presidida pelo procurador-geral de Justiça, Bertrand Asfora.
Dentre as obras acompanhadas e que deveriam ser executadas pelo estado e municípios estão esgotamento sanitário, construção de estações elevatórias e limpeza do Rio Paraíba.
As Promotorias de Justiça da região instauraram procedimentos administrativos para acompanhamento das obras, em especial as que estão sendo executadas em Monteiro.
O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, vistoriou nesta terça o percurso da água do Velho Chico pelas primeiras estruturas do Eixo Leste, que já avançou 19,7 km pelos canais.
A comitiva do ministério fiscalizou o funcionamento da captação do reservatório de Itaparica (BA), o caminho percorrido pela água até chegar à primeira Estação de Bombeamento do eixo (EBV-1) e sua passagem pelo Aqueduto da BR 316 e pelo Reservatório de Areias - estruturas que estão no trajeto até a segunda Estação de Bombeamento (EBV-2), em Floresta (PE). Nesta quarta-feira, a comitiva fiscalizará o restante das estruturas do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Em Floresta, Custódia e Sertânia (PE), serão inspecionadas as últimas quatro estações de bombeamento (EBV-3, 4, 5 e 6). Já na Paraíba, serão verificados o Túnel Giancarlo e a Adutora Monteiro.//

Reações:

0 comentários: