terça-feira, 21 de março de 2017

Gás de cozinha fica em média R$ 4 mais caro a partir desta terça-feira na PB

O preço do gás de cozinha deve ficar em média R$ 4 mais caro a partir desta terça-feira (21), graças ao reajuste de 9,8% autorizado pela Petrobrás. O produto, que custava entre R$ 47 e R$ 52, já pode ser encontrado beirando os R$ 60, explica o presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás de Cozinha da Paraíba (Sinregás), Marcos Antônio.
“A partir de hoje os produtos já serão vendidos com o novo valor. O aumento deve ser em média de R$ 4, mas pode ser encontrado mais caro ou mais barato, dependendo da empresa. Vale salientar que esse aumento veio da Petrobrás, a revendedora já recebe o produto com o valor alterado e precisa repassar ao consumidor”, disse.
Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas pela Petrobras nas refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores.
O ajuste anunciado foi aplicado sobre os preços praticados pela Petrobras sem incidência de tributos. Se for integralmente repassado aos preços ao consumidor, a companhia estima que o botijão de GLP P-13 pode subir 3,1% ou cerca de R$ 1,76 por botijão, isso se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos.

Reações:

0 comentários: