sexta-feira, 5 de maio de 2017

Presidente da Câmara de Vereadores de Tavares debate sobre a importância da Agência Bancária para a economia da cidade

O possível retorno das atividades bancárias do Banco do Brasil na cidade de Tavares, é defendido pela Vereadora e Presidente da Câmara, Maria do Socorro (Socorrinha), que participou nesta quinta-feira (04) de uma audiência pública sobre a temática.
Socorrinha defende o retorno das atividades do Banco tendo em vista que vai beneficiar os comerciantes, pequenos empresários, setores de investimentos e toda a população. " Os serviços bancários são importantes para a nossa economia local e regional. A cidade continua crescendo e a questão econômica acompanha esse quadro por isso a necessidade de que o Banco retorne suas atividades em Tavares." Frisou a Vereadora.
Socorrinha que acompanhou a audiência pública disse que este primeiro passo é fundamental, pois é preciso convocar a sociedade para discutir as questões importantes da cidade. A vereadora garantiu total dedicação para que a agência do Banco do Brasil volte a funcionar em Tavares. " Estarei buscando apoio em todos os setores para que nossa cidade volte a ter a agência, e procuraremos incentivar a criação do conselho de Segurança para que a questão de segurança seja prioritária neste sentido." Destacou.
A Gerente do Banco do Brasil da cidade de Tavares, Lídia Faustino estava presente na audiência e em sua participação frisou a necessidade da criação do Conselho Comunitário de Segurança para que a agência volte a atuar em Tavares. Lídia informou que o poder público e a sociedade precisam ter interesse no retorno das atividades bancárias ajudando principalmente na formação do Conselho.
A gerente também relatou que no início da semana se reuniu o prefeito, Dr. Aílton Suassuna, e repassou para o gestor as reivindicações do banco junto ao município, como a instalação de câmeras de monitoramento na cidade, restrição de acesso à área bancária e restrição de acesso em horário de turno quanto noturno.
Participaram da audiência estudantes do município, representantes da paróquia de São Miguel Arcanjo, vereadores,presidentes dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais, e demais membros da comunidade.
SB

Reações:

0 comentários: