terça-feira, 30 de maio de 2017

Quadrilha Fogo Caipira faz apresentação em Princesa Isabel com o Espetáculo "O cheiro do cravo, a cor de canela. Eu vim de longe, vim ver Gabriela".



A Quadrilha Fogo Caipira retorna novamente à Princesa Isabel neste período junino para mostrar seu espetáculo que neste ano de 2017 abordará o Tema: "O cheiro do cravo, a cor de canela. Eu vim de longe, vim ver Gabriela".
Resultado de imagem para quadrilha fogo caipiraO Espetáculo é um recorte inspirado na obra Gabriela Cravo e Canela do autor baiano Jorge Amado, romance publicado no ano de 1958, que alcançou renome internacional e foi traduzido em mais de 32 versões, tornando-se um clássico da literatura brasileira.
A Quadrilha mergulha neste universo e honrosamente faz um recorte do amor entre a sertaneja Gabriela, fugida da seca e do turco Nacib, que acabou de ficar sem cozinheira. O romance acontece na cidade de Ilhéus, em 1925. A década de 20 é marcada pela crise do coronelismo onde os coronéis principais proprietários de cacau se preocupam com a seca que ameaça a suas safras e Ilhéus passa por um momento de transição, ansiados pelo progresso e a intensa vida noturna litorânea do cabaré Bataclan.
Resultado de imagem para quadrilha fogo caipira
O forte contraste de Gabriela, uma moça livre, choca a alta sociedade baiana e encanta os homens da cidade, o que leva Nacib a casar com ela, com a intensão de transformá-la em senhora de sociedade. Perturbada com a pressão e seduzida pelo o galanteador Tonico Bastos, ela acaba traindo Nacib e rompendo com as tradições da época onde a traição levaria a morte. A junina narra essa emocionante história de amor, traição, fé e sedução. "Gabriela não se explica, basta vê-la, senti-la e saber que existe".
 O casamento é uma adaptação do Romance com trechos extraídos do Livro. Repertório: Todo Original e correlacionado ao tema, conta com cantores renomados e nordestinos como: Luiz Gonzaga, Gilberto Gil, Elba Ramalho, Alceu Valença, Dominguinhos, Zé Ramalho, Jackson do Pandeiro, Geraldo Azevedo, Gal Costa, Dorival Caymmi além do queridíssimo Tom Jobim.

Resultado de imagem para quadrilha fogo caipiraA quadrilha apresenta em seu figurino tons suaves simbolizando a inocência de Gabriela, o Vermelho que significa o Amor e a traição de Gabriela além da mistura de cores (Retalho) fazendo um referencia a Alegria e Simplicidade do povo Baiano. O cenário trás imagens de uma arquitetura dos casarões da cidade de Ilhéus na década de XX, incluindo a mais famosa casa noturna o Bataclan, onde se encontravam os mais famosos coronéis da zona de cacau.

A expectativa dos princesenses é grande onde mais uma vez poderão prestigiar o espetáculo da premiada Quadrilha Fogo Caipira.

A Quadrilha Fogo Caipira foi fundada no ano de 1994 e desde então vem conquistando o coração de todos os amantes da cultura. Com um estilo de trabalhar temas originais vem se solidificando no mundo junino. Considerada a 4ª Melhor Quadrilha do Estado da Paraíba por dois anos consecutivos 2008 e 2009. A quadrilha passou um período de inatividade entre os anos de 2010 e 2015, voltando em 2016 com o tema da GUERRA DE PRINCESA, esse ano trás seu Tema Baseado na obra de Jorge Amado, “GABRIELA”, e espera agradar o público com seu espetáculo.

TITULOS CONQUISTADOS 

1º LUGAR NO FESTIVAL DE JUNCO DO SERIDÓ.PB
1º LUGAR NO FESTIVAL DE BARRA DE SANTA ROSA.PB
1º LUGAR NO FESTIVAL DE PICUI.PB
1º LUGAR NO FESTIVAL DE MASSARANDUBA.PB
2º LUGAR NO FESTIVAL DE JAPI.RN
2º LUGAR NO FESTIVAL DE BOA VISTA.PB
3º LUGAR NO FESTIVAL DE NOVA FLORESTA.PB
4º LUGAR NO PARAIBANO 2008
4º LUGAR NO PARAIBANO 2009

TITULOS CONQUISTADOS EM 2016

1º LUGAR NO FESTIVAL DE CASSERENGUE.PB
1º LUGAR NO FESTIVAL DE MONTADAS.PB
1º LUGAR NO FESTIVAL DE OLIVEDOS.PB
1º LUGAR NO FESTIVAL DE SOLEDADE.PB
2º LUGAR NO FESTIVAL DE AGUA BRANCA.PB
3º LUGAR NO FESTIVAL DE SÃO VICENTE DO SERIDÓ.PB
5º LUGAR NO FESTIVAL DE BELÉM.PB

Reações:

0 comentários: