terça-feira, 11 de julho de 2017

Representantes do Instituto Chico Mendes fazem visita técnica à Serra do Teixeira

O Governo do Estado, por meio da Secretaria Executiva de Meio Ambiente, receberá durante a próxima semana representantes Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) que farão visita técnica à Serra de Teixeira para possível implantação do Parque Nacional da Serra de Teixeira que engloba mais de 10 municípios paraibanos com predominância do Bioma Caatinga.
A programação da visita técnica se inicia com uma reunião também com os integrantes do SOS Sertão, na sede da Secretaria de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, às 8h, em João Pessoa, para discutirem a implantação do parque e o roteiro durante a semana.
De acordo com o secretário de Meio Executivo de Meio Ambiente, Fabiano Lucena, será feito um sobrevoo de avião com os técnicos do ICMBio em toda a Serra de Teixeira. “Será feita uma análise visual de alguns pontos para identificar a degradação, a pressão urbana e as potencialidades ambientais da área. Será um Parque de grande importância para o nosso Estado. Entendemos a importância de protegermos o bioma da caatinga e percebemos o potencial da área para o desenvolvimento do turismo sustentável.
O secretário destaca ainda que a Serra de Teixeira possui uma grande riqueza da fauna e da flora. “Além das nascentes existentes no local, em torno de 70, é possível encontrar na Serra animais como veados, macaco – prego, onça puma, e novas espécies de lagartos e borboletas e a nossa intenção, com certeza, é de preservar aquela área”, destacou.
O sobrevoo de avião está marcado para a segunda-feira (10), às 12h. Na terça-feira (11) será feita uma visita de campo em pontos estratégicos da serra. Já na quarta (12), haverá uma reunião no Casarão do Jabre com os prefeitos da região e o fórum permanente Salve o Pico do Jabre.
Na quinta-feira (13), haverá visitas às Serras do Melado (Cajazeirinhas) e Santa Catarina (São José de Lagoa Tapada). As atividades se encerram na sexta-feira (14), com uma reunião interna de avaliação e planejamento das etapas futuras. Posteriormente, o ICMBio vai elaborar uma consulta pública para que a população se manifeste apoiando ou não a existência do parque e também para escolher um nome para o local.

Reações:

0 comentários: