quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Destaque: Mulheres nos Espaços de Poder. Prefeita de Monteiro Lorena representa prefeitas paraibanas em encontro nacional

O assunto a ser discutido hoje é sobre a mulher no cenário político. Pegando a notícia de que a prefeita de Monteiro Anna Lorena esteve cumprindo agenda na cidade de Brasília (DF), com o objetivo de fortalecer a atuação feminina na política brasileira, vamos observar o quanto tem sido preenchido estes espaços de poder pelas mulheres.
Apenas 12% dos gestores municipais são mulheres. Em 2.963 Municípios brasileiros, dos 5.568 existentes, a maioria do eleitorado brasileiro é mulher. Apesar disso, somente 24 assembleias legislativas municipais tem maioria feminina.
Por outro lado, 1.286 Municípios possuem assembleias compostas só por homens. Para reverter e melhorar a profunda sub-representação feminina na política nacional, a Confederação Nacional de Municípios criou o Movimento Mulheres Municipalistas (MMM).
E nesta semana as coordenadoras do MMM Tânia Ziulkoski e Dalva Chris, falaram dos principais objetivos da iniciativa para as prefeitas, destacando números da representação das mulheres na política brasileira “hoje, nós temos 12% de prefeitura municipais geridas por mulheres e no legislativo somos menos de 10%”.
No contexto, Dalva Chris acrescentou que “esse movimento de mulheres é um sonho como mulher. Há muitos anos atuo na defesa de políticas voltadas para as mulheres e hoje vejo a concretização de um sonho”. Afirmou. Representando as prefeitas paraibanas, a prefeita Anna Lorena participou de toda a programação e ainda teve a oportunidade de assistir a palestra da secretária de Políticas para Mulheres da Presidência da República (SPM), Fátima Pelaes, que falou sobre a atuação do departamento.
Ela afirmou que o trabalho é para fortalecer as políticas para as mulheres, orientando os Municípios sobre as ações que devem ser desenvolvidas pelo poder municipal.
Ainda durante o encontro, a coordenadora de campanhas na Organização das Nações Unidas para Mulheres (ONU Mulheres), Amanda Lemos, falou sobre a atuação do organismo, em especial no combate à violência contra a mulher, e de como essas ações podem ser replicadas nos Municípios cumprindo a Agenda de Desenvolvimento. Ela citou as campanhas que devem ocorrer em novembro para o Dia Internacional de Não Violência conta as Mulheres e os 16 Dias de Ativismo.
A coordenadora Nacional da Liga das Mulheres Eleitoras do Brasil (Libra), Marta Lívia Suplicy; e a campeã mundial de jiu-jitsu e idealizadora e fundadora do projeto Eu Sei me Defender – que ensina técnicas de defesa pessoal para mulheres vítimas de violência -, Érica Paes também marcaram presença no evento. Além disso, técnicas e consultoras da CNM falaram de projetos da entidade que atendem à demanda do empoderamento feminino.
Para a prefeita Anna Lorena: “estas palestras e debates apresentadas pelo Movimento das Mulheres Municipalistas é muito oportuno para que estejamos sempre presentes nos embates das políticas públicas e buscando cada vez mais adquirir experiências e assim colocarmos em práticas nas atividades do dia-a-dia”, disse a prefeita de Monteiro.//
SB

Reações:

0 comentários: