quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Deputado João Henrique diz que deputada foi infeliz ao dizer que população está acuada com presença da Polícia

Após declarações feitas na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) pela deputada estadual Estela Bezerra (PSB) contra a Polícia, que gerou grande repercussão em toda Paraíba, o deputado João Henrique, que é militar reformado, emitiu, nesta quarta-feira (6), uma nota repudiando a fala da socialista e se solidarizando com as categorias. A frase polêmica da deputada foi a seguinte: “Digo isso com a tranquilidade de quem transita nas comunidades mais vulneráveis dessa cidade sabendo que muitos trabalhadores e trabalhadoras que ali estão se sentem mais acuados do que protegidos com a presença da Polícia”.
Além da nota de repúdio das entidades da categoria, o deputado João Henrique lamentou a falta de respeito para com os policiais que arriscam suas vidas para defender a população e cobrou um pedido de desculpas da deputada que até o momento não o fez.
João Henrique ainda disse que as Polícias da Paraíba, tanto Militar, quanto Civil, merecem aplausos por realizarem suas respectivas funções dignamente mesmo sem condições de trabalho. E pediu que ao invés de emitir críticas, ela solicitasse ao Governo que representa, mais dignidade para os policiais, realização de concurso público para aumentar o efetivo nas ruas, a devolução da paridade entre ativos e inativos, a garantia do seguro de vida do policial e que cumpra as decisões judiciais com trânsito em julgado em favor da Polícia e bombeiro Militar da Paraíba.
"Como policial reformado eu não poderia me calar diante de um pronunciamento tão infeliz e lamentável. Sabemos da luta diária dos nossos policiais para trabalhar nas ruas e manter a ordem mesmo sem estrutura adequada de trabalho. Mas, eles não deixam de realizar suas ações e, principalmente, não deixam de defender o cidadão paraibano, mesmo sem receber o reconhecimento deste Governo que virou as costas para Segurança Pública. Quero me solidarizar com os companheiros policiais, entidades e pedir que a deputada se retrate pelas colocações inoportunas que não condizem com a realidade. Aproveito a ocasião para cobrar um posicionamento por parte do comando da Policia Militar que em outras oportunidades emitiram nota oficial e se calaram diante deste fato lamentável", afirmou João Henrique

Reações:

0 comentários: