quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Prefeitura de Princesa Isabel assina acordo para pagar salários atrasados da gestão anterior

O prefeito da cidade de Princesa Isabel, Ricardo Pereira (PSB), assinou na quarta-feira (29), um acordo com representantes dos servidores municipais, que permitirá o pagamento dos salários atrasados da gestão do ex-prefeito Dominguinhos (PSDB). O acordo foi firmado no Fórum de Justiça Dr. Antônio Nominando Diniz, mediado pelos juízes Pedro Davi Alves de Vasconcelos e Maria Eduarda Borges de Araújo.
Em Brasília desde a última terça-feira, o prefeito Ricardo Pereira comemorou o cumprimento de mais uma etapa de suas propostas de governo, apresentadas em 2016 e reafirmou o compromisso de buscar soluções para os grandes problemas da cidade. “Trata-se de um momento histórico para nossos servidores. Estamos cumprindo neste dia 29 de novembro de 2017 um importante compromisso com nossos servidores que tiveram os seus salários atrasados e não pagos na gestão tucana. Apesar da grande crise financeira, o governo não hesita em buscar soluções, em buscar investimentos, em cumprir compromissos.” – finalizou.
Em entrevista ao Portal do Tribunal de Justiça da Paraíba, o Juiz Pedro Davi disse que “Depois de uma ampla negociação, firmou-se, com sucesso, o ajuste. Ficou estabelecido que o pagamento das verbas atrasadas será efetuado de maneira parcelada, observando um cronograma definido pelas partes com critérios objetivos, para o qual serão destinados cerca de R$ 4 milhões pela Prefeitura. Esse pagamento também será estendido aos que ainda não judicializaram a cobrança, evitando, assim, a elevação do acervo processual e a sobrecarga do Judiciário”
A Juiza Maria Eduarda também falou ao Portal TJPB: “Essa conciliação refletirá na extinção de cerca de 250 processos e, reverenciando a desjudicialização, debelará o ingresso de quase 740 demandas. É uma ação sem precedentes para a Comarca, em razão da quantidade de pessoas envolvidas, do acervo processual que será eliminado/evitado e, sobretudo, pela promoção de uma conduta conciliadora entre partes”, afirmou.
Participaram da audiência os advogados Clodoaldo José de Lima, Lucineide Vito Lopes Gambarra, Susy de Andrade Bezerra Paes Leme, Alessandra Maria de Medeiros. Representando o governo municipal estavam o contador Paulo Gildo Oliveira Lima Junior e dos procuradores do Município, Antônio Carlos Marques, Carlos Eduardo Bezerra de Oliveira e Edneide Pereira da Silva.
Com informações do Portal do Tribunal de Justiça da Paraíba

Reações:

0 comentários: