quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Projeto de combate ao desperdício de energia vai atender região metropolitana de João Pessoa até o final de setembro


João Pessoa, Bayeux e Santa Rita serão os municípios contemplados pelo Projeto Nossa Energia até o final deste mês. A iniciativa promovida pela Energisa e que faz parte do Programa de Eficiência Energética da Aneel, funciona com caminhões percorrendo todo o estado levando ações que beneficiam a população paraibana desde 2007. O objetivo principal do Nossa Energia é incentivar melhores práticas de consumo nas residências, combatendo o desperdício de energia elétrica por meio de palestras educativas.
 
Agora em setembro, além das palestras de conscientização, o projeto trocará lâmpadas de consumidores de todos os bairros por onde passará. Em João Pessoa, moradores do Conjunto Nova República, do bairro Cristo Redentor, dos Funcionários II, de Gramame e do Engenho Velho poderão trocar lâmpadas antigas por novas e eficientes. A troca também valerá para clientes da Energisa localizados no Alto da Boa Vista, em Bayeux, e do Heitel Santiago e Alto dos Populares, em Santa Rita.
 
A troca de lâmpadas funciona da seguinte forma: cada unidade consumidora pode substituir até quatro lâmpadas incandescentes ou fluorescentes, mediante comprovação de residência em comunidade de baixo poder aquisitivo. Para ter direito ao benefício é preciso levar as lâmpadas que serão trocadas e a identidade, o CPF e última conta de energia paga – todos os documentos originais.
 
Nos bairros de Gramame e Cristo Redentor, em João Pessoa, e no Alto dos Populares e Heitel Santiago, em Santa Rita, a população poderá ainda ter acesso à informação e esclarecer dúvidas sobre a Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE). Ela oferece descontos que vão de 10% a 65%, beneficiando unidades com consumo elétrico de até 220 kWh. Além dos clientes inscritos no CadÚnico, também têm direito ao benefício famílias que tenham portador de doença ou deficiência em tratamento contínuo com utilização de aparelhos que consumam energia e renda de até três salários mínimos ou famílias que possuam um membro favorecido pelo Benefício de Prestação Continuada de Assistência Social (BPC).
 
No último levantamento feito pela Energisa, no mês passado, constatou-se que mais de 197 mil unidades consumidoras estavam dentro do perfil para serem beneficiadas, mas não eram cadastradas na TSEE.
 
Por fim, a programação do Nossa Energia contemplará os residentes dos bairros de Gramame e Engenho Velho, na capital, com sessões de cinema ao ar livre. A ação é resultado de uma parceria com a Secretaria de Cultura do Estado, que cede os filmes nacionais exibidos em praças públicas pelo projeto.


Por Sabrina Barbosa com Assessoria

Reações:

0 comentários: