segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Greve de caminhoneiros não se confirma, mas categoria deve parar em janeiro

A greve de caminhoneiros, convocada para esta segunda-feira, não se confirmou. Até as 9h30min da manhã não havia registros de paralisação em nenhuma estrada do Brasil. Mas a categoria está em alerta e o risco de paralisação ainda existe. As informações são do Estradão, do jornal O Estado de São Paulo.
A possibilidade de nova greve de caminhoneiros, no entanto, não está descartada. Duas medidas poderão determinar se haverá greve ou não em breve. A primeira será conhecida amanhã, que é a publicação, no Diário Oficial da União (DOU), da resolução que determina o cumprimento das regras de emissão da CIOT pelas transportadoras.
A segunda medida que pode levar à greve de caminhoneiros e a nova tabela de frete. A divulgação está prevista para o dia 20 de janeiro. “Vamos analisar se o governo vai começar a atender nossas demandas. Desde a paralisação feita no ano passado, nada mudou”, diz o presidente da União Nacional dos Caminhoneiros (Unicam), José Araújo Silva, o China.

O Estadão

Reações:

0 comentários: