segunda-feira, 6 de abril de 2020

Opinião: coronavírus e o jornalismo responsável



Nesse momento atual de crise que estamos passando, em meio à epidemia da ‘Fake News’ que vem atacando todos, ter um jornalismo comprometido com a verdade é fundamental para evitar uma infecção generalizada na sociedade, que pode ser letal para todos, causando graves problemas.

O papel do jornalista nesta situação é consegui identificar o que é verdadeiro e o que é falso dentre tantas informações que surgem.  É dever e um compromisso checar informação, ter fontes confiáveis e ouvir os dois lados. É imprescindível nos tempos de hoje barrar a contaminação das falsas informações. Também é importante ter coerência com o que vale a pena divulgar ao invés de pensar apenas na audiência e acessos. No lugar do trágico, basta fazer o alerta e orientar. Não devemos usar a arte de informar  para causar pânico na população. Nosso papel é dizer os fatos, contar a verdade, mas, sem exageros.

A informação hoje é o alimento da sociedade e nós jornalistas como fontes de informação e fornecedores desse alimento, temos que pensar o que estamos oferecendo ao nosso público, porque uma vez que a informação errada é absorvida, há indigestão.

O contexto do coronavírus, por causa da incerteza e a falta de detalhes dos estudos sobre o vírus, traz insegurança e tornou-se um campo fértil para a disseminação de informações não confirmadas e boatos que estão causando transtornos graves à população.

Nós, jornalistas, na linha de frente dessa pandemia, somos companheiros fieis de milhares de pessoas que em seu isolamento social buscam por informação. A TV, o rádio, os sites de notícias, os blogs, estão sendo veículos fundamentais para   busca por notícias claras, objetivas e, principalmente, verdadeiras. Somos um serviço de utilidade pública, fundamental.

Será um trabalho incansável até que tudo esteja sobre controle. E esse esforço memorável a história vai recompensar. Muitos irão relatar o quanto a imprensa neste momento de tensão, foi fundamental para restabelecer a segurança e tranquilidade em dias tão cansativos. Você jornalista, colabore então.

"O vírus fez lembrar de algo que parecia esquecido em meio a essa calamidade, além de lavar bem as mãos: o jornalismo está entre as poucas luzes que restam acesas e, como cidadãos e cidadãs, nos dá uma nova oportunidade para reavaliar onde estivemos nos informando até agora". (Denise Becker)


O blog retorna os trabalhos hoje dia 06 de abril de 2020 com o compromisso de manter a qualidade da informação e a checagem dos fatos. Consuma sem moderação este espaço que preza pela ética e responsabilidade.  

Por Sabrina Barbosa

Reações:

0 comentários: